CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

Apostasia na Igreja



Nem sempre a igreja promove e defende a verdade que foi confiada a ela. E quando alguns procedem assim, chamamos isso de APOSTASIA.

Apostasia é o ABANDONO DA FÉ. É quando alguém renuncia a verdade bíblica e parte para outras doutrinas.

O Apostolo Paulo registra que, há  pessoas que mesmo dentro das igrejas, estão levando muitos ao engano:
"... por  obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios," 1 Timóteo 4.1

A razão ou motivo do desvio de alguns é o deixar de ter a Palavra de Deus como regra de fé e prática e usar agora de outras fontes, de outros valores estranhos à Bíblia.
Queridos, é muito perigoso trocar a Bíblia e o que aprendemos nela por outras fontes que se dizem inspiradas por Deus.

Afirmo, porque, não é incomum encontrar pessoas que se consideram cristãs, mas têm contato com ensinamentos estranhos.

Por exemplo:
• Crente que lê livro espírita ou místico achando que é livro evangélico. Crente que lê horóscopo achando que é de Deus. Crente que tem “livro de interpretação dos sonhos” em casa achando que é ciência.

• Palestras sobre o diabo. Tem crente que é mais fala do diabo do que em Deus. Nem a Bíblia dá tanta ênfase ao diabo como alguns dão. Fazem pesquisas para descobrir nomes de demônios, hierarquias, e coisas do gêneros. De onde eles tiram informações destas pesquisas? Da Bíblia? Se não é da Bíblia, de onde?

Cuidado! Porque é assim que começa o caminho do DESVIO. Quando se começa a buscar outras fontes, supondo que elas são divinas. SÓ A BÍBLIA É REGRA DE FÉ E PRÁTICA DO CRISTÃO.

Se proteja destas coisas.

Neste estudo observamos que apesar da igreja ser coluna e baluarte da verdade do evangelho, nem sempre a mesma promove e defende a verdade que foi confiada a ela. É quando acontece a APOSTASIA, o ABANDONO DA FÉ.
“Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos.” HB 2 – 1.
Meditem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário