CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

O Crente Deve Evitar a Televisão?



OS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO (rádio, televisão, computador, jornal, revista, telefone, etc.) foram criados para facilitar a comunicação dos habitantes da Terra. A existência de uma formidável massa humana de mais de seis bilhões de almas exige sistemas de comunicação cada vez mais rápidos e eficientes.

Deus deixou a Terra aos cuidados dos homens e ordenou: “Crescei e multiplicai”. Crescer e multiplicar não apenas a espécie humana, mas progredir também no conhecimento científico e tecnológico, em todas as áreas. O homem na sua rebeldia tem usado o avanço da ciência não para exaltar e glorificar o nome do Senhor. Usa-o para o pecado. A Bíblia diz: “Não porei coisa impura diante dos meus olhos”. (Sl 101.3); “Bem-aventurado o varão que não se assenta na roda dos escarnecedores”. (Sl 1.1) e “As más companhias corrompem os bons costumes”. (1 Co 15.33).

Assim, como só sintonizamos o rádio na estação desejada, para ouvirmos os louvores e a Palavra de Deus; como só usamos o telefone em nossas necessidades, e não para piadas e trotes; escolhemos as revistas que nos interessam; usamos o computador e a INTERNET para o bem... da mesma forma a televisão deve ser usada na medida certa, para nosso proveito.

É dever do cristão controlar a televisão e não ser controlado por ela; a TV deve ficar a nosso serviço, sob nosso controle, e não nós a serviço dela e sob seu controle. Ela submissa a nós; não nós a ela. A TV tem sido usada para o mal, mas paralelamente é excelente veículo no trabalho de evangelização, por exemplo. Mas pode tornar-se numa má companhia, muito prejudicial à família. É preciso evitar programas onde há depravação, sensualidade, erotismo, violência e traição.

Sintonizar tais programas é o mesmo que participarmos da “roda dos escarnecedores” e colocarmos “coisas impuras diante de nossos olhos”. Cabe a cada um ter domínio próprio e fazer o controle. Se os pais, por qualquer motivo, não podem controlar o uso da TV por seus filhos, é preferível não ter televisão em casa.


10 Razões Para o Culto Doméstico



1. Porque nos dispõe para enfrentarmos as tarefas diárias com um coração mais alegre, torna-nos mais fortes para o trabalho, mais dedicados ao nosso dever e predispõe-nos a glorificar a Deus em tudo que fizermos. Ler Colossenses 3.17.

2. Porque nos dá força para enfrentarmos o desânimo, as decepções, as adversidades inesperadas e as frustrações com que nos deparamos. Ler Hebreus 2.18.

3. Porque nos torna mais cônscios, no decorrer do dia, da presença reconfortante do Deus que nos ajuda a vencer pensamentos impuros e outros inimigos quaisquer, que porventura vierem atacar-nos. Ler Filipenses 4.4-7.

4. Porque o culto doméstico suaviza as asperezas do relacionamento no lar e enriquece grandemente o convívio em família. Ler Efésios 6.1-9.

5. Porque esclarece os mal-entendidos e tende a aliviar as tensões que por vezes invadem o ambiente sagrado do lar. Ler Romanos 12.9-11.

6. Porque o culto doméstico ajuda a manter na fé os filhos que saem de casa, afastando-se da influência dos pais. Na maioria dos casos, é o culto doméstico que mais tarde irá determinar a salvação de filhos de lares crentes. Ler  II Timóteo 3.15-17.

7. Porque ele poderá ter influência sadia e santa sobre as pessoas que possam estar visitando a família. Ler Romanos 14.7-9.

8. Porque o culto doméstico reforça o trabalho pastoral e, além disso, estimula em muito a participação na Igreja. Ler Romanos 15.6-7.

9. Porque o culto doméstico faz de um lar exemplo e estímulo a outros lares, para que tenham a mesma vida de devoção e adoração a Deus. Ler Atos 2.46,47.

10. Porque a palavra de Deus ensina que devemos fazer o culto doméstico. Ao obedecermos a Deus, estamos dando honra àquele que é o doador de todo o bem e fonte de toda a benção. Ler Romanos 12.1,2.

Sete Coisas Que o Senhor Detesta



Pv. 6.16 a 19


Por falar em agradar, o texto citado relaciona sete coisas, atitudes, que desagradam o coração de Deus, ou que o Senhor odeia, aborrece, abomina e não tolera no meio do Seu povo, e conseqüentemente, torna o povo de Deus, um povo comum, derrotado...

1) Olhos altivos

O orgulho, arrogância, soberba, presunção, altivez, é o inimigo de todo discípulo sincero. O orgulho no coração humano é um solo fértil para que as mentiras de satanás floresçam e cresçam. O Orgulho nos desvia da verdade, não admite o erro nem a responsabilidade pessoal, e ainda costuma lançar a culpa nos outros. O orgulho vem antes da destruição e da queda (Pv. 16.18).

2) Língua mentirosa.


3) Testemunha falsa que profere (espalha) mentiras

A Bíblia declara que o diabo é o pai da mentira e jamais de firmou na verdade (Jo. 8.44). Apesar disto, muitos “cristãos” vivem na mentira, proferem mentira, e falam com falsidade uns aos outros (coração fingido – Sl. 12;2). A mentira com suas variações, incluído o falatório inútil, tem prejudicado o Corpo de Cristo. Isso não agrada a Deus...

4) Mãos que derramam sangue inocente

Na Lei de Moisés e Código Penal de nosso País há orientações específicas quanto a isso; porém como esse versículo pode ser entendido, ou quais seriam algumas formas de se “derramar sangue inocente” no seio da igreja? Através da crítica ferina, de gestos e palavras grosseiras, fazendo acepção de pessoas, não tendo o mesmo sentimento uns para com os outros, mas também servindo de pedra de tropeço, golpeando assim a consciência dos irmãos (1 Co. 10. 32, 33 e 8.12).

5) Coração que trama projetos iníquos

O coração que planeja o mal, a perversão, a iniqüidade, que usa de maus artifícios, tramóias e trambiques, nunca conheceu a Deus, mesmo que freqüente alguma igreja (Mt. 7.21, 23). O que torna o povo de Deus especial é justamente o coração transformado e regenerado.

6) Pés que se apressam a correr para o mal

É o típico pecado da rebeldia; porque deliberadamente essa pessoa não obedece a Deus, e usa racionalização puramente humana e máscaras para ações pecaminosas. Será que a rebelião é um “pecadinho” que o “cristão” simplesmente pode aprender a conviver com ele? (I Sm 15.23; 1 Jo 3. 7-10).

7) O que semeia contenda entre os irmãos

Leia de novo o texto e descubra que o juízo de Deus é ainda mais forte/pesado para quem pratica tal coisa. A Igreja que procura glorificar a Deus em tudo, que busca a unidade e a edificação do Corpo, cujos membros têm comunhão com Deus e com o próximo, não tem em seu meio quem semeia contendas, quem anda com a perversidade na boca, quem provoca briga, discórdia, desentendimento entre os irmãos. Isto é próprio do ímpio, do homem vil, do homem de Belial (sem proveito) (Pv. 6. 12-14).

Como determinar a boa música Cristã



Segue Abaixo Alguns pontos, para voce identificar uma boa musica cristã:
  • Sua melodia fala ao nosso espírito, nos eleva, como o hino 1 do Cantor Cristão2? Ou nos traz à mente coisas que não estão ligadas a Deus, como é o caso das músicas mundanas com letras trocadas cantadas em algumas igrejas?
  • Seu ritmo não deve dar margem a danças sensuais ou carnais. A forma de saber é imaginar se o ritmo da música poderia levar alguma pessoa a ficar tentada a balancear seus quadris, da mesma forma que ritmos como o samba ou o rock poderiam fazer:

"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. (24) Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade." (João 4:23-24 ACF)

  • A letra da música fala da sã doutrina cristã de forma plena, como é o caso da letra do hino 9 do Cantor Cristão3, ou traz em si heresias? Pois, se houver heresias não devemos cantá-la:

"Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém." (I Pedro 4:11 ACF)

  • Existe a menor dúvida quanto à música? Se sim, não devemos cantá-la:

"Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. (23) Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado." (Romanos 14:22-23 ACF)

  • Se houver qualquer possibilidade da música ser pedra de tropeço para alguém, não devemos cantá-la:

"Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça". (Romanos 14:21 ACF)

"Por isso, se a comida escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize." (I Coríntios 8:13 ACF)

Conclusão


"Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus." (I Coríntios 10:31 ACF)

"E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens" (Colossenses 3:23 ACF)

"Abstende-vos de toda a aparência do mal." (I Tessalonicenses 5:22 ACF)

"A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração. (17) E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai." (Colossenses 3:16-17 ACF)

Devemos Pedir a Deus, ou Exigir e Determinar?


O Apóstolo Paulo confessa que “orou três vezes ao Senhor” para que o livrasse de um espinho na carne. Mas o Senhor, em vez de atendê-lo, respondeu: “A minha graça te basta, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Reconhecendo a vontade soberana de Deus, Paulo se conforma e continua com seu espinho. E declara: “Portanto, de boa vontade me gloriarei nas minhas fraquezas”, pelo que “sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Pois quando estou fraco, então é que sou forte” (2 Co 12.7-10). A orientação para esses casos, em alguns púlpitos, é a seguinte: “Exija de Deus seus direitos”. Sofredores como o Apóstolo, o servo Jó e muitos outros desconheciam esse caminho “legal” para exigir direitos assegurados.

Com relação à substituição do "pedir" pelo "exigir", como querem alguns, vejam o seguinte. Pedir, do grego aiteõ, sugere a atitude de um suplicante que se encontra em posição inferior àquele a quem pede. É esse o verbo usado em João 14.13 – “E tudo quanto pedirdes em meu nome...” – e 14.14 – “Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei”. “Pedir”, do grego erõtaõ, indica com mais freqüência que o suplicante está em pé de igualdade ou familiaridade com a pessoa a quem ele pede, como, por exemplo, um rei fazendo pedido a outro rei. “Sob este aspecto, é significativo destacar que o Senhor Jesus NUNCA usou o verbo aiteõ na questão de fazer um pedido ao Pai”, por ter dignidade igual Àquele a quem pedia. (Jo 14.16; 17.9,15, 20 – Fonte: Dic. VINE).

Há muita gente confundindo alhos com bugalhos. O que vemos são pessoas declarando que não pedem nada a Deus, mas exigem seus direitos. De Gênesis a Apocalipse não há um único registro que aprove tal atitude.

Os que fazem parte desse grupo de “exigentes” são ensinados a não dizer “se o Senhor quiser”. Não reconhecem que Deus, em razão de sua absoluta e inquestionável vontade, poderá NEGAR o seu pedido. Confiam cegamente no ensino do outro evangelho. Essas ovelhas nanicas precisam ler a Bíblia. Vejam:

Jesus, no Getsêmani: “Pai, SE QUERES, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua” (Lc 22.42). Os exigentes dizem: “Todavia, seja como eu decreto e exijo, e não como tu queres”.

“Compadecer-me-ei de quem me compadecer e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece” (Rm 9.15,16).

Paulo escreveu: “Mas, em breve, irei ter convosco, SE O SENHOR QUISER, e então conhecerei, não as palavras dos que andam inchados, mas a virtude” (1 Co 4.19). As ovelhas do outro evangelho diriam: “A minha viagem já está decretada. Exijo de Deus que se cumpra segundo a minha palavra’.

“Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco e depois se desvanece. Em lugar do que devíeis dizer: “SE O SENHOR QUISER, e se vivermos, faremos isto ou aquilo. Mas, agora, “vos gloriais em vossas presunções; toda glória tal como esta é maligna” (Tg 4.14-16). É muito atrevimento de um pobre e miserável pecador exigir alguma coisa do Senhor.

Declaração de Dwight Lyman Moody

Esse é um trecho da historia de um dos grandes homens de Deus, considerado como um dos Herois da Fé, Dwight Lyman Moody. Assim como eu, meu desejo é que essa declaração, possa falar e edificar voce poderosamente, em nome de Jesus.
Todos os dias de sua vida, até o fim, segundo creio, ele se levantava muito cedo de manhãpara meditar na palavra de Deus. Costumava deixar sua cama às 4 horas da madrugada, mais ou menos, para estudar a Bíblia. Um dia Ele me disse: "Para estudar, preciso me levantar antes que as outras pessoas acordem". Ele se fechava num quarto afastado do resto da familia, sozinho com a sua Bíblia e com o seu Deus.
Pode-se falar em poder, porem, ai do homem que negligenciar o unico livro dado por Deus, que serve de instrumento por meio do qual Ele dá e exerce seu poder. Um homem pode ler inumeros livros e assistir a grandes convenções; pode promover reuniões de oração que durem noites inteiras, suplicando o poder do Espírito Santo, mas se tal homem não permanecer em contato íntimo e constante com o único Livro, a Bíblia, não lhe será concedido o poder. Se já tem alguma força, não conseguirá mantê-la, senão pelo estudo diário, sério e intenso desse livro.

Limpe O Poço


"(12) Naquele ano Isaque fez plantações ali e colheu cem vezes mais do que semeou, pois o SENHOR Deus o abençoou.(13) Ele foi enriquecendo cada vez mais e se tornou muito rico e poderoso.(14) Isaque tinha tantas ovelhas e cabras, tanto gado e tantos empregados, que os filisteus acabaram ficando com inveja dele.(15) Por isso eles entupiram com terra todos os poços que os empregados de Abraão, o pai de Isaque, haviam cavado no tempo em que Abraão ainda estava vivo.(16) Até que um dia Abimeleque disse a Isaque: —Vá embora da nossa terra. Você ficou muito mais poderoso do que nós.(17) Isaque saiu dali, armou as suas barracas no vale de Gerar e ficou morando ali por algum tempo.(18) Ele tornou a abrir os poços que haviam sido cavados no tempo de Abraão e que os filisteus haviam tapado depois da sua morte. E Isaque pôs nos poços os mesmos nomes que o seu pai havia posto.(19) Um dia os empregados de Isaque estavam no vale abrindo um poço e acharam uma mina de água."  Gênesis 26.12-19
 
       A inveja é algo terrível e muitas vezes por causa dela sofremos opressões daqueles que não estão em sintonia com o amor de Deus, aqui vemos que Isaque voltou a abrir os poços de seu pai que haviam sido tapados pelos filisteus na época de sua morte, foi desta maneira que Deus mostrou a Isaque que havia refugio e refrigério naquilo que estava esquecido, deixado de lado e aparentemente sem vida...
       Isto nos leva a refletir nas velhas verdades bíblicas esquecidas, deixadas de lado pelos rumos da contextualização de cada dia, pelos novos rumos que decidimos tomar ou pelos quais somos influenciados... a cada dia as verdades nas quais nossos pais se apegaram e nas quais um dia encontraram refrigério são um pouco mais esquecidas, assim como Isaque, acabamos vivendo em outra realidade... afinal estamos bem desta maneira... porque mudar? - mas se fizermos uma reflexão mais profunda devemos considerar que estas verdades ainda são fonte de água viva que corre do trono de Deus! Não há nada de errado com a velha e boa palavra de Deus, mas a cada dia procuramos um acerto aqui, um ajuste ali... é exatamente isto que o inimigo quer que façamos, ele sabe que a velha receita é que dá bons frutos e por isto muitas vezes incentiva certas "novidades" em nossas vidas com a intenção de jogar um pouco mais de terra em nosso poço e deixar-nos mais longe da fonte...
       Precisamos estar em fina sintonia com o Espírito Santo pedindo diariamente para que limpe nossos antigos poços afim de que deles possa fluir novamente as águas purificadoras! Jesus Cristo nos dá força para limpar todo este entulho que está em nós! A cada passo em nossa vida cristã devemos sempre nos lembrar que a Bíblia é um livro antigo mas suas verdades são as mais atuais que existem! Não há o que inventar, não há o que acrescer, não há o que tirar! Devemos tomar cuidado com as verdades que colocamos a cada dia em nosso poços...
       Vamos hoje mesmo iniciar esta limpeza, ainda que não sejamos vitimas como Isaque não vamos esperar que o inimigo nos cause algum dano para que façamos uma limpeza em nosso poço espiritual. Há uma mina de água no coração do crente que vem do rio de Deus, e ela está ali para saciar a sede deste mundo tão necessitado do amor de Cristo, creia nisto!

       Sempre que você for jogado em terras estranhas limpe o poço!

Motivação Pessoal


       Leia para si mesmo os versículos que seguem. Tome um ou dois deles e comprometa-se a memorizá-los. Satanás simplesmente não pode suportar ouvir esses versículos que saem da sua boca como expressão da confiança do seu coração. Na próxima vez que o inimigo tentar cercá-lo com suas artimanhas de derrota, recite esses versículos, e ele fugirá. Você encontrará então a paz de que tanto necessita em tempos de tribulação.

  • Salmos 31.24 - "Sede fortes, e revigore-se o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor."
  • Jó 11.16-19 - "Pois te esquecerás dos teus sofrimentos e deles só terás lembrança como de águas que passaram. A tua vida será mais clara que o meio-dia; ainda que lhe haja trevas, serão como a manhã. Sentir-te-ás seguro, porque haverá esperança; olharás em derredor e dormirás tranqüilo. Deitar-te-ás, e ninguém te espantará; e muitos procurarão obter o teu favor."
  • Salmos 138.7 - "Se ando em meio à tribulação, tu me refazes a vida; estendes a mão contra a ira dos meus inimigos; a tua destra me salva."
  • Salmos 55.22 - "Confia os teus cuidados ao Senhor, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado."
  • João 14.1 - "Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim."
  • Salmos 27.14 - "Espera pelo Senhor, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo Senhor."
  • Jeremias 29.11 "Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais."
  • Salmos 29.11 - "O Senhor dá força ao seu povo; o Senhor abençoa com paz ao seu povo."
  • Romanos 8.38-39 - "Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor."
  • Deuteronômio 33.27 - "O Deus eterno é a tua habitação e, por baixo de ti, estende os braços eternos; ele expulsou o inimigo de diante de ti e disse: Destrói-o."
  • Gálatas 6.9 - "E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos."
  • Romanos 15.13 - "E o Deus da esperança vos encha de todo o gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança no poder do Espírito Santo."
  • Jó 5.19 - "De seis angústias te livrará, e na sétima o mal te não tocará."
  • I Corintios 10.13 - "Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar."
  • Jó 8.20 - "Eis que Deus não rejeita ao íntegro, nem toma pela mão os malfeitores."
  • II Corintios 4.8,9 - "Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos (...)"
  • João 14.27 - "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize."
  • Salmos 68.19-20 - "Bendito seja o Senhor que, dia a dia, leva o nosso fardo! Deus é a nossa salvação. O nosso Deus é o Deus libertador; com Deus, o Senhor, está o escaparmos da morte."
  • Salmos 4.3 - "Sabei, porém, que o Senhor distingue para si o piedoso; o Senhor me ouve quando eu clamo por ele."
  • Salmos 5.12 - "Pois tu, Senhor, abençoas o justo e, como escudo, o cercas da tua benevolência."
  • Isaías 43.1 - "Mas agora, assim diz o Senhor, que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu."
  • Filipenses 4.6 - "Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças."
  • II Reis 6.16 - "Ele respondeu: Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles."
  • Isaias 40.11 - "Como pastor, apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os cordeirinhos e os levará no seio; as que amamentam ele guiará mansamente."
  • Salmos 37.28 - "Pois o Senhor ama a justiça e não desampara os seus santos; serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada."
  • Oséias 6:3 - "Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra."
  • Salmos 119.50 - "O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica."
  • Provérbios 3.5-6 - "Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas."
  • Salmos 34.18 - "Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito oprimido."
  • Marcos 10.29,30 - "Tornou Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos por amor de mim e por amor do evangelho, que não receba, já no presente, o cêntuplo de casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições; e, no mundo por vir, a vida eterna."
  • Salmos 125.1 - "Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se abala, firme para sempre."
  • Hebreus 10.35,36 - "Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa."
  • Salmos 34.10 - "Os leõezinhos sofrem necessidade e passam fome, porém aos que buscam o Senhor bem nenhum lhes faltará."
  • Salmos 116.6 - "O Senhor vela pelos simples; achava-me prostrado, e ele me salvou."
  • Esdras 8.22b - "A boa mão do nosso Deus é sobre todos os que o buscam, para o bem deles; mas a sua força e a sua ira, contra todos os que o abandonam."
  • Isaías 44.3 - "Porque derramarei água sobre o sedento, e torrentes sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre os teus descendentes."
  • Filipenses 1.6 - "Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até o Dia de Cristo Jesus."
  • Isaías 51.11 - "Assim voltarão os resgatados do Senhor e virão a Sião com júbilo, e perpétua alegria lhes coroará a cabeça; o regozijo e a alegria os alcançarão, e deles fugirão a dor e o gemido."
  • Salmos 37.3 - "Confia no Senhor e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade."
  • Isaias 43.18-19a - "Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis?"
  • Provérbios 21.21 - "O que segue a justiça e a bondade achará a vida, a justiça e a honra."
  • Salmos 37.18 - "O Senhor conhece os dias dos íntegros; a herança deles permanecerá para sempre."
  • Isaias 40.28-31 - "Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa, nem se fatiga? Não se pode esquadrinhar o seu entendimento. Faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam."
  • Salmos 118.17 - "Não morrerei; antes, viverei e contarei as obras do Senhor."
  • Lucas 18.1 - "Disse-lhes Jesus uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer."
  • Isaías 40.29 - "Faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor."
  • João 14.12 - "Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai."
  • Filipenses 4.12,13 - "Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece."
  • Colossenses 3.23,24 - "Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo."
  • Filipenses 4.8 - "Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento."
  • Isaias 46.4 - "Até à vossa velhice, eu serei o mesmo e, ainda até às cãs, eu vos carregarei; já o tenho feito; levar-vos-ei, pois, carregar-vos-ei e vos salvarei."
  • I Pedro 6.9 - "Nisso exultais, embora no presente por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória, obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma."