CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

A propaganda enganosa do pecado

 
 Texto: Gn 3. 1 - 6
"Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu-lhe a mulher: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais. Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal. Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu."

1- Ele usou a palavra de Deus para conduzir ao pecado (3.1)

2- Apresentou-se “amigavelmente” para uma conversa “inocente” (I Cor.15.33).

3- Disse que o pecado faria com que Adão e Eva fossem iguais a Deus.

4- Disse que o pecado não teria conseqüências negativas: “É certo que não morrereis”.

5- A árvore era “boa, agradável e desejável” (3.6). O pecado tem aspecto atraente.  

cuidado com as artimanhas do inimigo, que anuncia prazeres imediatos e temporários e oculta prejuízos futuros e eternos.  




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário