CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

Cristão é decapitado pelo próprio sogro por recusar a se converter ao hinduísmo


A violência de extremistas hindus contra cristãos tem se tornado uma constante na Índia, 31° posição da lista de países com maior perseguição ao cristianismo. Depois de 20 pastores serem espancados a pauladas durante um retiro espiritual, um homem foi decapitado pelo próprio sogro, depois de se recusar a negar a sua fé.

O cristão Tapas Bin, de 35 anos, era casado com uma mulher tribal na região de Tripura Ocidental e acabou assassinado por não ceder à pressão que à qual que era submetido há vários anos pelo seu sogro, que tentava forçá-lo a converter-se ao hinduísmo.

Diante da mais recente recusa de Tapas Bin, seu sogro, Gobinda Jamatiya, o raptou e assassinou com a ajuda de um curandeiro da sua tribo. Depois do crime brutal, o corpo do cristão foi abandonado em um riacho.

As autoridades locais detiveram o curandeiro, de 42 anos, que contou detalhadamente como ocorreu o homicídio, revelando entre outras coisas ter realizado uma cerimónia de oração com Gobinda antes de realizarem a decapitação do cristão. Gobinda ainda é procurado pela polícia local.

Segundo a agência AsiaNews, a esposa de Bin, Jentuly, confessou que o seu pai nunca aceitou o casamento e afirma que depois do assassinato do marido teme pela sua própria vida e a do seu filho de apenas um ano.

De acordo com o relatório ‘Global Council of Indian Christians’ (GCIC), somente em 2012 foram realizados 135 ataques contra os cristãos no país.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário