Imagem: divulgaçãoA presidente Dilma Rousseff se reuniu nesta segunda-feira (24), no Palácio do Planalto, com representantes do Movimento do Passe Livre (MPL), autores das primeiras manifestações pelo país, e em seguida com os 27 governadores de Estado e do Distrito Federal, além dos prefeitos de capitais. Os encontros visam buscar soluções imediatas que atendam aos anseios da sociedade.

Nesta terça-feira (25), mais uma rodada de reuniões com a presidente está prevista. Dilma receberá, além de representantes de outros segmentos de movimentos jovens, líderes de entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, que representam a Igreja Católica.

Com tantas convocações para debater o futuro do país, uma pergunta paira no ar: Por que Dilma não convocou nenhum líder evangélico? Para ficar bem claro, não estamos insinuando que tenha que convocar o Pr. Silas Malafaia, pois existem líderes evangélicos que estão próximos ao governo da Dilma e que poderiam perfeitamente serem convidados para juntamente com outros representantes da sociedade, que já foram convidados, manifestarem também opinião.

Os evangélicos representam quase 30% da população brasileira. A verdade é nua e crua! O PT quer o nosso voto, mas não tem nenhuma consideração pela nossa comunidade. O que esperamos é que o povo evangélico lembre-se disso nas eleições de 2014.

Fonte: VERDADEGOSPEL