CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

Jovens cristãos da Eritreia são presos e espancados pelo Exército por não negarem sua fé em Jesus

A perseguição religiosa a cristãos na Eritreia tem uma história conhecida no Brasil, através do testemunho da cantora Helen Berhane, que ficou trancada por dois anos num contêiner por declarar sua fé em Jesus.

Agora, a Missão Portas Abertas relata um caso de 39 jovens que se alistaram para o serviço militar obrigatório do país africano, e embora aprovados, foram detidos por serem cristãos. Na prisão militar, eles tem sido mal alimentados, espancados e forçados a trabalhar.

Os jovens 28 do sexo masculino e 11 do feminino, fazem parte de um grupo de estudantes que ingressaram no serviço militar e foram graduados no último dia 13 de julho. Um comunicado no site oficial do Ministério de Informação da Eritreia afirma que eles concluíram o ano de serviço militar com êxito, e estavam aptos a prosseguir os estudos, cursando o ensino secundário sênior.

Mesmo cumprindo suas obrigações, os jovens cristãos foram excluídos da cerimônia de formatura e, tiveram o direito de continuar os estudos interrompidos, sendo colocados numa prisão militar.

“Fontes disseram que as autoridades estão também ameaçando os alunos dizendo que a prisão deles pode ser prolongada ou serem excluídos da universidade se eles não renunciarem a sua fé em Jesus Cristo”, diz a Portas Abertas.

Segundo o Charisma News, grupos cristãos que não sejam da Igreja Ortodoxa – a única com autorização do governo da Eritreia para atuar no país – tem sido perseguidos de forma aberta. Mais de 200 homens e mulheres de várias idades estão presos sem acusações formais, apenas pelo fato de se identificarem como cristãos e não serem membros da Igreja Ortodoxa.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário