CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

Com diversos tumores e desenganado pelos médicos, pastor usa seu testemunho para inspirar luta pela vida


O testemunho do pastor assembleiano Valdir Bulhões impressiona, não apenas pela expressão de sua confiança em Deus, mas também pela gravidade e extensão de seus problemas de saúde.

Bulhões tem cânceres – sim, no plural – espalhados nos pulmões, colunas lombar e toráxica, estômago e axila. Somente nos pulmões são 23 tumores. A descoberta aconteceu há 12 anos, e a evolução da doença já causou a amputação da perna direita, na altura virilha, onde o tumor explodiu os ossos.

“Independente de qualquer coisa, viva cada dia como se fosse o último e lembre-se que a sua vida tem um propósito de Deus”, diz o pastor, que adota esse princípio como um lema de vida. “Pela medicina eu estou sentenciado, mas pela vontade de Deus eu estou aqui, levando a palavra de Deus a quem precisa”, acrescenta.

Nesse tempo em que tem se mantido na luta contra a doença, viu o quadro se agravar de forma bastante rápida: “Eu descobri um caroço na coxa direita, na altura da virilha, e achei que fosse uma íngua. Descobri que estava com câncer. Fiz cirurgia e sessões de quimioterapia”, conta o pastor, antes de revelar que o tratamento foi insuficiente para evitar o surgimento de outros tumores que atacaram os pulmões, o tórax, o estômago e uma das axilas: “É um sarcoma das partes moles, o mesmo que tirou a vida do ex vice-presidente da República José de Alencar”.
Sua trajetória, sofrida, não o impede de fazer escolhas que definam seus rumos: “Já tive choques anafiláticos, minha perna explodiu, já tive nove sentenças de morte, mas a minha vida está dentro de mim e eu quero viver. Somos oito pastores na família, em ministérios diferentes. Eu sou da Assembleia de Deus. A nossa máxima é ‘insista, persista  e nunca desista’. Então a minha fé é uma fé exigente. Eu vou insistir, pois a vida me deu escolhas e eu escolhi viver e escolhi pregar a Palavra e enquanto tiver força eu vou pregar”, disse ao site Rede Sul de Notícias.

Para que sua história continue inspirando pessoas – e também para ajudar a custear o dispendioso tratamento – o pastor gravou um DVD: “Gravei testemunho de vida, palavras de fé, pois eu estou aqui, vivo, quando uma junta médica achou que estado em que me encontro deveria estar entubado, em coma. A medicina me desenganou, mas eu digo a mim mesmo que não vou, porque para Deus nada é impossível.  Ele sabe de todas as coisas e dá à sua vida um propósito. A minha vida é animar as pessoas, motivá-las a viver. Quando a minha esposa entra em desespero sou eu que vou acalmá-la  porque a minha fé é muito maior do que o desespero. É a minha fé que me faz viver”.

Fonte: Rádio Tempo de Amar

Nenhum comentário:

Postar um comentário