CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

Justiça decide manter totem cristão em Sorocaba

O Tribunal Superior de Justiça determinou que o totem com a inscrição “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo” não fere o princípio do Estado Laico. A decisão foi dada pelo juiz José Eduardo Marcondes Machado, da Vara da Fazenda Pública de Sorocaba que julgou o processo aberto pelo Ministério Público Estadual pedindo a retirada da placa.

Para o MPE o totem instalado em 2006 ofende a laicidade do Estado por favorecer uma determinada religião, no caso o cristianismo. Mas na visão do desembargador Ricardo Dip, relator do processo, o pedido do Ministério Público é improcedente, pois “a laicidade estatal não é fundamento para a práxis do ateísmo”.

Na decisão o desembargador ainda citou que se o pedido do MPE fosse aceitou poderia dar margem para a retirada de outros símbolos religiosos como o a estátua do Padre Cícero, da Iemanjá e de outros símbolos em várias cidades brasileiras.

“Seria a mesma coisa, justificada em razões similares, que pedir a demolição da deusa pagã da Justiça, que ornamenta o prédio do Supremo Tribunal Federal”, disse Ricardo Dip.

Em outubro deste ano o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) chegou a determinar que o totem era inconstitucional e determinou a retirada da placa que está fixada na Praça do Cristão, em Sorocaba.

O mesmo pedido exigia que o atual prefeito da cidade, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), não aprovasse a lei feita pelos vereadores para tornar o totem legal e assim impedir sua demolição.

Com a nova decisão o Município fica livre da obrigação de retirar o totem, uma vez que para esta instância não há irregularidades com a declaração. A Justiça entende que a inscrição faz parte da livre manifestação de um grupo religioso e que retirá-la seria uma discriminação contra a história e a cultura popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário