CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

Testemunho de cura tem conquistados norte-coreanos para Jesus

Resultado de imagem para Testemunho de cura tem conquistados norte-coreanos para Jesus
A Coreia do Norte ocupa a primeira posição entres os países mais perigosos para cristãos segundo o ranking elaborado anualmente pela Portas Abertas.

Mas apesar da perseguição religiosa, testemunhos como o da sra. Shelter tem levado muitos a conhecerem a Cristo. Ela ficou com uma grave doença e quase morreu há cinco anos, sua cura foi milagre e quem conhece essa história passa a acreditar em Jesus Cristo.

“Eu estive à beira da morte, e então um pastor veio me visitar e orou por mim. Eu presenciei um milagre em meu próprio corpo, e senti na pele a presença de Jesus. E hoje, eu sei exatamente o motivo de Deus ter me curado, Ele queria me usar no ministério”, diz ela que mora em um abrigo para refugiados norte-coreanos.

“Eu vejo as pessoas vagando pelas ruas, à procura de lugares para dormir. Eu simplesmente ofereço esse lugar, e quando eles vão embora querem saber por que eu faço isso sem pedir nada em troca, é quando eu compartilho com eles sobre Jesus e sobre a Bíblia”.

No abrigo também acontecem pregações, Sra. Shelter mora nessa casa localizada em uma rua escura por falta de energia elétrica nos postes, mas isso não impede que o grupo cresça a cada dia.

As pessoas sempre voltam para ouvir mais sobre a mensagem do Evangelho porque ficam impressionada com a cura que Shelter recebeu. “Deus está salvando os norte-coreanos, é por isso que nós seguimos em frente, orientando, guiando e orando com muita fé”.

Mas o governo está de olho nos trabalhos realizados ali e envia muitos espiões para poder acabar com o abrigo. Porém Sra. Shelter tem discernimento para identificá-los e consegue solucionar o caso com a própria fé.

“O Espírito Santo me capacitou no discernimento, e eu consigo identificar os espiões assim que eles chegam. Eu os trato com o amor de Cristo, e no final de suas visitas, eles confessam que vieram para escrever seus relatórios a meu respeito, mas eles acabam escrevendo a meu favor”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário