CURTA NOSSA PÁGINA !!!

Faça parte de nossas redes sociais e nosso canal no youtube.

Igreja alimenta milhares em meio à crise na Venezuela

Por causa do regime comunista bolivariano implantado na Venezuela, a fome tem sido uma constante no país. Imagens recorrentes mostram a falta de alimentos nos supermercados e até pessoas comendo do lixo.

Em meio a crise política e econômica que arrastou a nação para o caos, uma igreja evangélica decidiu enfrentar o problema oferecendo sopa para mais de 1.500 pessoas. O esforço evangelístico e humanitário do Centro Evangelístico Vida Nova, da cidade de Valencia, estado de Carabobo, atraiu atenção da imprensa do mundo todo.

Usando o lema “Jesus Cristo dá a vida eterna”, o ministério liderado pelo pastor Ernesto Ojeda acredita que oferecer comida aos famintos é um mandamento bíblico. “No meio dessa crise que estamos vivendo na Venezuela, a igreja de Jesus Cristo se levantará e será reconhecida por alimentar os necessitados”.

Chamado de “Sopaço Ágape”, a divulgação do evento nas redes sociais dizia “Uma sopa que alimenta junto à Palavra de Deus que sustenta”.

Além de comer, as pessoas que estiveram no local ouviram a palavra de Deus, assistiram uma peça de teatro e as crianças tiveram atividades adequadas para sua faixa etária. Há testemunho de muitas famílias que foram alcançadas após ouvir sobre a grandeza do amor de Jesus por suas vidas, traduzido pela ação do Corpo de Cristo na terra.

Segundo o pastor, mais de mil pessoas aceitaram a Jesus no final do evento, no que foi classificado por ele de “avivamento”. Com informações de Biblia Todo

Eles esperaram 10 anos para ter um exemplar da Bíblia

Apesar de ser o livro mais produzido na China – na média de um por segundo – quase 100% dessa produção é exportada. Apesar do crescimento da igreja, ainda é difícil para o cristão chinês ter sua própria cópia das Escrituras.

Cerca de 70% dos cristãos da China vivem em áreas rurais, em aldeias que não possuem por exemplo, acesso à internet. De acordo com as Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), fazer com que cada um deles possua uma Bíblia é um grande desafio, que requer uma luta constante contra o regime comunista, que proíbe a livre manifestação religiosa no país.

Kua Wee Seng, responsável pelo trabalho da SBU na China, divulgou recentemente um vídeo mostrando a distribuição de Bíblias na província de Henan, na região central do país. Segundo a tradição, foi naquele lugar, ao longo do Vale do Rio Amarelo que o povo chinês se originou.
Por isso é tão importante eles terem conseguido levar cópias das Escrituras até lá. Seng afirmou que encontrou pessoas ali que esperaram pelos últimos 10 anos para ter suas próprias Bíblias. Uma delas se converteu há 14 anos e pela primeira vez pôde levar um exemplar para casa.

“Você consegue imaginar como alguém se torna cristão e precisa esperar mais de uma década para ter a sua própria cópia da palavra de Deus? O único acesso à Escritura que eles tinham era uma vez por semana (nos cultos)…  Esta é a situação que uma multidão de cristãos chineses ainda se encontra”, afirmou ele no material divulgado. Com informações de Church Leaders

Divórcio está corroendo a religião, indica estudo

Um novo estudo do Public Religion Research Institute indica que crianças criadas por pais divorciados são mais propensas a não ter religião que as criadas por pais casados. A pesquisa foi realizada nos Estados Unidos entre 27 de julho e 09 de agosto.

Constatou-se que 35% dos entrevistados que vinham de famílias onde os pais eram separados diziam não pertencer a nenhuma religião.

O estudo também descobriu que 29% dos adultos que vinham de famílias religiosas abandonaram sua fé por causa dos ensinamentos negativos da sua religião sobre gays e lésbicas.

Ao mesmo tempo, 19% saiu por causa de escândalos de abuso sexual de líderes. Uns 60% simplesmente “não acreditam no que a religião ensina”.

Segundo o pesquisador Daniel Cox, “Uma boa parte da narrativa em torno do crescimento dos ‘sem religião’ mostra como estão mudando as preferências culturais e como as pessoas estão optando em afastar-se da religião”.

Cox também observa que existe uma ligação entre a estrutura familiar e a identidade religiosa.

“Não existe somente uma razão pela qual os sem religião estão crescendo de forma tão dramática, mas este levantamento revela novas evidências de como a estrutura de vida familiar é uma parte dessa história”, enfatiza.

“Pessoas que viveram em lares de pais divorciados ou os pais eram de religiões diferentes são menos prováveis a serem religiosas quando adultas que aquelas que vieram de famílias onde os pais eram da mesma religião e praticantes”, resume Cox. Com informações de Washington Post

Mobilização “Oferta de Resgate” quer ampliar trabalhos missionários

No dia 9 de outubro a Igreja Missão Cristã Mundial (MCM) fará uma grande mobilização para despertar o cristão brasileiro a contribuir com a evangelização.

A “Oferta de Resgate” é um evento anual realizado pela MCM e os recursos levantados já serviram para a perfuração de poços na Tribo Turkanas, no Quênia; para comprar equipamentos hospitalares na Somália; para construir escolas no Nepal, em Guiné-Bissau e em Moçambique; além de servir para abrir casas para acolher viúvas e crianças em situação de risco.

São vários os projetos sustentados através dessa mobilização da MCM, podemos citar também o envio de recursos para a construção de 47 casas no Nepal em 2015, casas que serviram para dezenas de famílias que perderam tudo o que possuíam por conta do terremoto que abalou aquele país.

Mas há muito ainda para ser feito, por isso os projetos da MCM precisam da ajuda dos cristãos brasileiros.

Nos projetos da igreja estão: a produção de um longa-metragem que contará a história de crianças resgatadas por meio do Programa Meninas dos Olhos de Deus; construção de uma torre de Oração 24 horas em Portugal; compra de mais equipamentos hospitalares para Somália; implantação de igrejas no deserto do Quênia e apoio a creches e escolas nas favelas da África.


Igrejas interessadas em participarem desse projeto podem entrar em contato com a MCM www.mcmpovos.com e realizarem eventos com o objetivo de levantar recursos para essa obra missionária.